LINFOMA NÃO HODGKIN: FEBRE E SUORES NOCTURNOS

A febre e os suores nocturnos são sintomas comuns do linfoma não-Hodgkin e permitem estabelecer o estadio da doença, paralelamente à perda inexplicada de peso. Podem também ocorrer como resultado do tratamento com quimioterapia e radioterapia.

O seu médico poderá prescrever-lhe medicamentos que reduzem a febre e os suores nocturnos.

Determinados alimentos e bebidas, sobretudo comidas picantes, cafeína, álcool, açúcar e bebidas quentes, podem mascarar a febre e agravar os suores nocturnos, pelo que é conveniente evitá-los.

Existem também conselhos práticos que o doente pode adoptar para lidar com a febre e os suores nocturnos, designadamente:

  • Usar vestuário de algodão, dado que este material absorve a humidade, proporcionando calor após a febre desaparecer
  • Usar ao mesmo tempo várias peças de algodão que podem ser despidas e vestidas consoante as alterações de temperatura do organismo
  • Usar diversas camadas de roupas de cama de fibras naturais, para que possam ser retiradas se necessário
  • Usar sprays e toalhetes húmidos para fazer baixar a temperatura da pele. Pode também ser vantajosa a adição ao spray de óleos com um odor agradável, tais como o mentol, que é refrescante ou a lavanda, que é relaxante

 

 

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso.

As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico ou farmacêutico.

 

Termos Legais | Política de Privacidade | Glossário

© Todos os direitos reservados Roche Farmacêutica Química Lda