LINFOMA NÃO HODGKIN: FADIGA

A fadiga ou o cansaço prolongados são sintomas relativamente comuns associados a vários tipos de cancro, incluindo o linfoma não-Hodgkin. Tratamentos como a quimioterapia e a radioterapia podem também fazer com que os doentes se sintam cansados e sem forças, sendo importante reconhecer se a situação se está a agravar.

Se o doente se sentir sempre cansado, é importante falar com a equipa médica, que poderá sugerir formas de o ajudar.  O doente pode sofrer de fadiga devido a anemia, muitas vezes provocada por certos fármacos quimioterapêuticos que afectam a medula óssea. Esta situação poderá ser tratada com suplementos de ferro, transfusões de sangue ou tratamentos para aumentar a produção de glóbulos vermelhos. (Ver Baixo número de células sanguíneas, abaixo.) Por favor contacte o seu médico, pois este decidirá qual a melhor opção para si.

Existem muitas formas de lidar com a fadiga, designadamente: 

  • Fazer uma dieta saudável e equilibrada com muita fruta e legumes, ferro e vitaminas.  Os produtos que contêm ferro são a carne vermelha, os espinafres e os cereais enriquecidos
  • Fazer refeições ligeiras frequentes durante o dia
  • Fazer exercício ligeiro regularmente (diversas vezes por semana)
  • Repousar bastante, especialmente entre as tarefas domésticas
  • Evitar a ingestão de bebidas contendo cafeína antes do deitar por estas poderem perturbar o sono.

Os doentes podem considerar necessário deixar de trabalhar durante algum tempo e ajustar a sua rotina diária. No entanto, algumas pessoas conseguem prosseguir com a sua vida normal.  As pessoas são todas diferentes.

 

 

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso.

As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico ou farmacêutico.

 

Termos Legais | Política de Privacidade | Glossário

© Todos os direitos reservados Roche Farmacêutica Química Lda