O QUE É O LINFOMA NÃO-HODGKIN?

Pode ter ouvido o seu médico descrever o linfoma não-Hodgkin como um “cancro do sangue”, uma “doença do sangue”, ou até mesmo um “cancro do sistema linfático”. O que é que isto significa?

O sangue contém diversos tipos de células, designadamente:

  • Glóbulos vermelhos, que transportam oxigénio dos pulmões para o resto do organismo
  • Glóbulos brancos, que ajudam a combater as infecções
  • Plaquetas, que ajudam a parar as hemorragias numa zona lesada.

O linfoma não-Hodgkin é uma doença em que os glóbulos brancos, ou linfócitos, se tornam cancerosos e se começam a desenvolver e a multiplicar de forma descontrolada. Podem concentrar-se nos gânglios linfáticos ou noutras regiões do organismo. Os gânglios linfáticos aumentam de tamanho e provocam os sintomas típicos do linfoma.

Existem vários tipos de linfoma não-Hodgkin. De acordo com a sua evolução clínica, eles são classificados como indolentes (crescimento lento) ou agressivos (crescimento rápido).

A doença pode afectar pessoas de todas as idades e sexos, embora seja mais frequente em homens e idosos. Desconhece-se a causa do linfoma não-Hodgkin e sabe-se que se pode manifestar em qualquer pessoa. Não há nada que pudesse ter feito para impedir o seu desenvolvimento.

Alguns links úteis

O sistema linfático
O que é o LNH?
Quem afecta?

 

 

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso.

As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico ou farmacêutico.

 

Termos Legais | Política de Privacidade | Glossário

© Todos os direitos reservados Roche Farmacêutica Química Lda