OS AMIGOS OU FAMILIARES NÃO ESTÃO SÓS

Os amigos ou familiares podem sentir-se culpados por terem as suas próprias preocupações numa altura em que o seu ente querido enfrenta uma situação tão difícil. 

O amigo ou familiar tem tanto que fazer e em que pensar, que não admira que necessite de falar com alguém. Pode sentir-se isolado e só, especialmente se não conseguir manter a vida social que tinha antes de o seu ente querido adoecer. 

No entanto, existem diversas formas de apoio para os amigos ou familiares. A equipa médica no hospital, o seu médico de família e o do doente podem dar-lhe alguns conselhos.

O mais importante é lembrar-se de que não está só.  Existem associações que o podem ajudar a lidar com quaisquer questões e ouvir a sua história.

Para mais informações sobre formas de apoio, ver Procurar apoio.

Aceda aos links abaixo para mais informações sobre a doença do seu ente querido.

Alguns links úteis:

Recém-diagnosticado
Em tratamento
Em remissão
Procurar apoio

 

 

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso.

As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico ou farmacêutico.

 

Termos Legais | Política de Privacidade | Glossário

© Todos os direitos reservados Roche Farmacêutica Química Lda