CANCRO DO COLO DO ÚTERO:
SINTOMAS DE ALERTA

As alterações pré-cancerígenas e os cancros precoces do colo do útero não tendem a provocar dor ou outros sintomas. É importante não esperar até surgirem dores para consultar o médico.

Quando a doença se agrava (se torna invasiva), a mulher pode apresentar um ou mais dos seguintes sintomas:

  • Hemorragia vaginal anormal:

    • Hemorragia entre períodos menstruais regulares

    • Hemorragia após relação sexual, irrigação vaginal ou exame pélvico

    • Períodos menstruais mais prolongados e intensos do que anteriormente

    • Hemorragias após a menopausa

  • Aumento do corrimento vaginal

  • Dor pélvica

  • Dor durante as relações sexuais

Estes sintomas podem também dever-se a infecções ou outros problemas de saúde e só o médico está habilitado a fazer esta avaliação. As mulheres que tenham algum destes sintomas devem informar o médico, para que seja possível diagnosticar e tratar atempadamente eventuais problemas.

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso. As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico.