CANCRO DA PELE (não Melanoma): COMO EXAMINAR A SUA PELE

O médico, ou enfermeiro, pode recomendar-lhe que examine regularmente a sua pele para verificar se existem potenciais indicadores de cancro de pele, incluindo o melanoma.

A melhor altura para o fazer é depois de tomar duche ou banho. Deverá observar a sua pele num quarto com muita luz, utilizando um espelho grande que lhe permita ver o corpo todo e um espelho de mão. O melhor será começar por saber onde estão localizados os seus sinais, manchas, verrugas e outras marcas (mesmo as que nasceram consigo) e qual é o seu aspecto habitual e a sua sensação ao toque.

Procure algo de novo:

  • Novos sinais (que tenham um aspecto diferente dos outros)
  • Novas manchas avermelhadas ou escuras, descamativas e que possam apresentar algum relevo
  • Uma nova protuberância, sólida e da cor da pele
  • Alterações ao tamanho, formato, cor ou ao toque de sinais já existentes
  • Uma ferida que não cicatriza
  • Observe-se da cabeça aos dedos dos pés, não se esqueça das costas, do couro cabeludo, da região genital e entre as nádegas.
  • Observe a face, o pescoço, as orelhas e o couro cabeludo. Poderá utilizar um pente ou um secador para afastar o cabelo e conseguir ver melhor.
  • Pode também pedir a um familiar ou amigo que o ajude a observar o couro cabeludo, pois pode ser difícil fazê-lo sozinho.
  • Observe a parte da frente e de trás do seu corpo no espelho. Depois levante os braços e observe o lado esquerdo e o lado direito.
  • Dobre os cotovelos. Observe atentamente as unhas, as palmas das mãos, os antebraços (incluindo a parte interna) e os braços.
  • Observe as pernas e a região em redor dos genitais e entre as nádegas, de vários ângulos (trás, frente e de lado).
  • Sente-se e observe de perto os seus pés, incluindo as unhas, a planta do pé e os espaços entre os dedos.

Ao observar a sua pele regularmente fica a conhecer o aspecto normal dos seus sinais ou manchas. Também poderá assentar as datas em que examinou a sua pele, ou até tirar notas sobre o seu aspecto. Se o médico tiver tirado fotografias da sua pele, pode compará-las com a sua própria pele para o ajudar a detectar alterações. Consulte o médico se notar algo fora do normal.

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso. As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico.