LINFOMA NÃO-HODGKIN: PERGUNTAS POSSIVEIS ANTES DO TRATAMENTO

Algumas perguntas a fazer antes de iniciar o tratamento

  • Qual é o objectivo deste tratamento?
  • Que tratamentos estão implicados? Como funcionam?
  • Qual é o tratamento administrado? Qual a sua duração? Qual a sua periodicidade de administração?
  • O tratamento tem de ser administrado no hospital em regime de internamento, ou pode realizar-se em regime ambulatório?
  • Caso se realize no hospital, durante quanto tempo posso ter de ficar no hospital para as sessões de tratamento?
  • Caso se realize em regime ambulatório, quantas horas pode durar cada sessão de tratamento?
  • O tratamento afecta as minhas actividades normais? Se sim, durante quanto tempo? Pode ser necessário deixar de trabalhar algum tempo ou fazer preparativos especiais?
  • Como sabemos se o tratamento está a funcionar?
  • Quais são as minhas probabilidades de remissão? Durante quanto tempo pode durar a remissão?
  • Que efeitos secundários posso vir a ter? Existem meios para evitar, ou pelo menos minimizar, estes efeitos secundários?
  • Que efeitos secundários devem ser referidos?
  • Quando devo contactar o especialista se estiver preocupado com algo? Qual a altura mais adequada para contactar o enfermeiro? E o médico de família?

 

 

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso.

As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico ou farmacêutico.

 

Termos Legais | Política de Privacidade | Glossário

© Todos os direitos reservados Roche Farmacêutica Química Lda