LINFOMA NÃO-HODGKIN: PAPEL DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

O doente com linfoma não-Hodgkin tem frequentemente que consultar especialistas nos diversos aspectos do tratamento.

A estrutura de cada equipa não é fixa. A especialidade e o papel desempenhado por estes profissionais de saúde pode também variar, embora, na maioria dos casos, seja constituída por:

  • Médico especialista em linfomas e outras doenças semelhantes; habitualmente um hematologista, mas podendo também ser um oncologista
  • Um radioterapeuta, que é um médico especialista em radioterapia
  • Enfermeiro especializado em vários aspectos do tratamento do linfoma
  • Radiologista - médicos especialista em estudos de imagem, tais como radiografias, Tomografias computorizadas - TACs Ressonância Magnética -  RMs e Tomografia com emissão de Positrões - PETs
  • Cirurgiões
  • Outros médicos, que a maioria dos doentes não chega a conhecer, como os patologistas ou imunopatologistas. Estes médicos têm como principal função analisar as amostras de tecidos obtidas durante a biopsia ou outras cirurgias. Os seus relatórios são fundamentais para que outros médicos possam diagnosticar com exactidão e decidir qual o melhor tratamento a administrar a cada doente.

Como se pode observar, a equipa médica pode ser bastante extensa e inclui profissionais de saúde especializados em diversos aspectos do linfoma não-Hodgkin. A esta abordagem dá-se o nome de abordagem 'multidisciplinar'.

Na maioria das equipas médicas, os profissionais de saúde realizam reuniões regulares para debater a situação dos doentes que estão sob o seu cuidado. Trata-se de uma parte muito importante do tratamento dos doentes com  linfoma não-Hodgkin.

Em regra, o doente com linfoma não-Hodgkin continua a consultar o seu médico de família no que respeita a outras questões de saúde que possam surgir.  Embora os médicos de família não sejam especialistas em linfomas, podem ajudar o doente e seus familiares, dando explicações e recomendações sobre esta doença. Os especialistas em linfomas devem manter o médico de família informado relativamente ao diagnóstico definitivo, ao tratamento e a outras questões relacionadas com o linfoma.

Hematologista e oncologista
Radioterapeuta
Enfermeiro
Patologista

 

 

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso.

As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico ou farmacêutico.

 

Termos Legais | Política de Privacidade | Glossário

© Todos os direitos reservados Roche Farmacêutica Química Lda