Linfoma não-Hodgkin: Consultas no Hospital - www.linfoma.com.pt

LINFOMA NÃO-HODGKIN: CONSULTAS NO HOSPITAL

Provavelmente já falou diversas vezes com o médico especialista em linfoma não-Hodgkin diversas vezes relativamente aos exames de diagnóstico, ao acompanhamento da doença e às possíveis opções terapêuticas.

Ainda assim é possivel que se sinta nervoso com o tratamento, sobretudo da primeira vez. Vai receber muita informação e será tratado por funcionários que só viu de passagem ou que ainda não conhece. 

Em função da terapêutica, pode ter que passar largos períodos de tempo no hospital, ou comparecer a consultas regulares ao longo de várias semanas.  Por conseguinte, é importante que esteja preparado e que traga consigo tudo o que lhe foi solicitado.  Poderá ter de realizar exames semelhantes aos que efectuou na altura do diagnóstico, para garantir que o tratamento está a correr bem. 

Pense nas dúvidas que tem e nas perguntas que quer fazer, sejam relativas ao tratamento, aos efeitos secundários ou ao possível impacto na sua vida.  Em vez de tentar lembrar-se, tome nota de tudo, e não se esqueça de que nenhuma pergunta pode ser tão "estúpida" ou tão "básica" que não a possa fazer.

Alguns links úteis:

 

 

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso.

As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico ou farmacêutico.

 

Termos Legais | Política de Privacidade | Glossário

© Todos os direitos reservados Roche Farmacêutica Química Lda