LINFOMA NÃO-HODGKIN: FAMILIARES E AMIGOS

Na maioria dos casos, os amigos ou familiares de doentes com linfoma não-Hodgkin enfrentam uma sobrecarga. Têm de lidar com os aspectos práticos de cuidar de um cônjuge, parceiro, familiar ou amigo que está a passar por uma experiência difícil e assustadora e, ao mesmo tempo, têm de ser fortes mesmo quando se sentem impotentes e emocionalmente esgotados. 

Para além das preocupações diárias, os amigos ou familiares têm de se informar sobre a doença e o seu tratamento. Isto pode ser assustador quando têm de pensar em tanta coisa ao mesmo tempo.

Porém, é importante lembrar-se que não está sozinho e que só consegue tomar conta de alguém se tomar conta de si próprio. Leia estas páginas para saber mais sobre os cuidados a prestar ao doente com linfoma não-Hodgkin, a importância de cuidar de si próprio, trabalhar fora de casa e vigiar à distância, para além das formas de apoio disponíveis.

No final desta secção, existem links para informações sobre as diferentes fases enfrentadas pelos doentes com linfoma não-Hodgkin, onde pode obter mais informações sobre esta doença.

 

 

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso.

As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico ou farmacêutico.

 

Termos Legais | Política de Privacidade | Glossário

© Todos os direitos reservados Roche Farmacêutica Química Lda