O CANCRO DO PULMÃO

O cancro do pulmão é dos tipos de cancro mais frequentes.

O diagnóstico de cancro do pulmão, levanta muitas questões, para as quais é necessário haver respostas, claras e perceptíveis.

A investigação constante, numa área de intervenção tão importante como o cancro do pulmão é, inquestionavelmente, necessária; cada vez se sabe mais sobre as suas causas, sobre a forma como se desenvolve e cresce, ou seja, como progride. Estão, também, a ser estudadas novas formas de o prevenir, detectar e tratar, tendo sempre em atenção a melhoria da qualidade de vida das pessoas com cancro, durante e após o tratamento.

OS PULMÕES

Os pulmões, um par de órgãos esponjosos, em forma de cone, fazem parte do sistema respiratório. O pulmão direito tem três secções, chamados lobos; é um pouco maior que o pulmão esquerdo, que só tem dois lobos. Quando inspiramos, os pulmões transportam para dentro o oxigénio, de que as nossas células necessitam para viver e para desempenhar as suas funções normais. Quando expiramos, os pulmões eliminam o dióxido de carbono, que é um produto do "desperdício" das células do nosso organismo.

PERCEBER O CANCRO DO PULMÃO

Os tumores que têm início no pulmão, dividem-se em dois grupos principais: cancro do pulmão de não-pequenas células e cancro do pulmão de pequenas células, dependendo de qual o aspecto das células envolvidas, quando observadas ao microscópio. Estes dois tipos de cancro do pulmão, crescem e metastizam de formas diferentes, ou seja, têm um comportamento distinto e, como tal, são também tratados de forma diferente.

O cancro do pulmão de não-pequenas células, é mais comum que o cancro do pulmão de pequenas células e, geralmente, cresce e metastiza mais lentamente, ou seja, tem um comportamento menos agressivo. Existem três sub-tipos de cancro do pulmão de não-pequenas células; a sua designação provém do tipo de células onde o tumor se desenvolve: carcinoma de células escamosas (também chamado carcinoma epidermóide), adenocarcinoma e cancro pulmonar de grandes células.

O cancro do pulmão de pequenas células, por vezes chamado de cancro das células em "grão de aveia", é menos comum que o cancro do pulmão de não-pequenas células. Este tipo de tumor cresce mais rapidamente, e é mais provável que metastize para outros órgãos.

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso. As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico ou farmacêutico.