CANCRO DO ESTÔMAGO: SINTOMAS DE ALERTA

O cancro do estômago pode ser difícil de detectar precocemente. Geralmente, não há sintomas nos estadios iniciais e, em muitos casos, antes de ser detectado, o tumor já está metastizado. Quando há sintomas, geralmente são vagos, ou seja, não específicos, e a pessoa ignora-os.

O cancro do estômago pode provocar os seguintes sintomas:

  • Indigestão ou sensação de ardor (azia);
  • Desconforto ou dor no abdómen;
  • Náuseas e vómitos;
  • Diarreia ou obstipação;
  • Dilatação do estômago, após as refeições;
  • Perda de apetite;
  • Fraqueza e cansaço;
  • Hemorragia (vómito de sangue ou sangue nas fezes).

Na maioria das vezes, estes sintomas não estão relacionados com um cancro do estômago, e podem, ainda, ser provocados por tumores benignos ou outros problemas de saúde menos graves, como um vírus no estômago ou uma úlcera. Só o médico poderá confirmar. Qualquer pessoa com estes sintomas, ou quaisquer outras alterações de saúde relevantes, deve consultar o médico, regra geral um gastrenterologista, para diagnosticar e tratar o problema, tão cedo quanto possível.

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso. As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico ou farmacêutico.