Cancro da Mama: Progressos no tratamento

Progressos no tratamento

Os tratamentos do cancro, tais como a quimioterapia e as radiações, que podem afectar todo o organismo, são, de há muito, os principais tratamentos contra o cancro da mama. Contudo, à medida que os investigadores começam a desvendar o código genético humano, tornam-se aptos a desenvolver novas e mais eficazes terapêuticas contra o cancro, com mecanismos de acção inovadores, como por exemplo os anticorpos monoclonais que podem atingir os genes do cancro da mama. Estes fármacos podem combater o cancro actuando directamente contra as células malignas, sem provocar os graves efeitos secundários associados aos tratamentos anti-cancerígenos convencionais, permitindo que as doentes melhorem a qualidade e a esperança de vida.

O que é o HER2?

O aumento ou sobre-expressão do receptor HER2 corresponde a um sub-tipo específico de cancro da mama, denominado cancro da mama HER2 positivo (HER2+); este aumento é detectado, nos tecidos, por uma técnica laboratorial.
Saiba mais

Este site e o seu conteúdo têm um fim exclusivamente informativo e não substituem o aconselhamento médico. Os tratamentos de cada pessoa devem ser individualizados e conduzidos por profissionais de saúde, sendo o médico que acompanha o doente quem poderá indicar qual o tratamento adequado a cada caso. As instruções do médico e dos restantes profissionais de saúde que o acompanham devem ser rigorosamente seguidas, pelo que sugerimos que contacte sempre o seu médico ou farmacêutico.

© Todos os direitos reservados Roche Farmacêutica Química, Lda - Termos Legais - Política de Privacidade