Estatísticas e Números

A SIDA em Portugal - sida , hiv

Em Portugal, o primeiro caso foi detectado em 1983, no Hospital Curry Cabral - num homem que já apresentava sintomas da última fase da infecção com VIH - e comprovado através de um exame realizado na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.

A estimativa da UNAIDS ( AIDS epidemic update, UNAIDS, www.unaids.org ) aponta para cerca de 42.000 pessoas infectadas em Portugal (cerca de 0,4% da população Portuguesa).

Em Portugal as taxas de novos diagnósticos de infecção VIH são as maiores da Europa. O número total de casos notificado até 31 de Dezembro de 2005 é de 28 370 casos de infecção.

Destes:

Até 31/12/05 faleceram 7 399 pessoas com infecção VIH.

Os casos notificados que referem como forma provável de infecção a transmissão heterossexual têm apresentado uma tendência evolutiva crescente. No 2º semestre de 2005 52,7% dos casos notificados pertencem a esta categoria.

O total acumulado de casos de SIDA em Portugal até 31/12/05 era de 12 702. Desde 2000, tem-se verificado um aumento proporcional do número de casos de transmissão heterossexual e diminuição proporcional dos casos associados à toxicodependência. Desde 1999 observa-se que são notificados com maior frequência casos de SIDA em grupos etários superiores (acima de 45 anos).

Os portadores assintomáticos da infecção VIH em Portugal são predominantemente jovens com mais de 20 anos e indivíduos até aos 39 anos, pertencendo 45,3% à categoria de "toxicodependentes" e 39,3% à categoria de "heterossexuais".

(Fonte: Infecção VIH / SIDA - A situação em Portugal em 31 de Dezembro de 2005. Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, Centro de Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmissíveis. http://www.insarj.pt )