cobas h 232 - Roche Portugal

cobas h 232

Sistema portátil para a determinação rápida de marcadores cardíacos

O sistema cobas h 232 permite a determinação quantitativa dos marcadores mais específicos (Troponina-T cardíaca) e mais precoces (Mioglobina e CK-MB) de lesão no miocárdio, o D-Dímero, marcador de trombo-embolismo venoso ou pulmonar e o NT-proBNP, um biomarcador inovador que apoia o diagnóstico, a avaliação e o prognóstico de Insuficiência Cardíaca, tanto em âmbito hospitalar, como em ambulatório.

O sistema cobas h 232 é rápido e fácil de utilizar: basta seguir as instruções dadas pelo aparelho, inserir uma tira-teste na unidade e aplicar a amostra. Após o período de reacção, o sistema apresenta um controlo de qualidade com periodicidade predefinida.

Quando o profissional não pode esperar pelos resultados, o cobas h 232 permite obter valores num tempo de resposta mínimo que, em combinação com os protocolos de decisão adequados, está demonstrado ajudar a reduzir o tempo de hospitalização e poupar custos.

O sistema cobas h 232 integra a gestão de operadores com funções de segurança ligadas e configuráveis como, por exemplo, bloqueio CQ (obrigatoriedade de realização de controlo de qualidade com periodicidade predefinida).

Sistema portátil desenhado para teste descentralizado 
   • Pode ser usado como um aparelho portátil ou fixo num local 
   • Amplo menu de testes isolados para que seja possível ao Profissional de Saúde seleccionar de acordo com a avaliação dos sintomas e condições de cada doente 
   • Opções de setup flexíveis para que se adapte a diferentes fluxos de trabalho, por exemplo identificação do doente, login do operador, etc. 
   • Gestão avançada de informação, por exemplo antecedentes clínicos do doente, de modo a conseguir avaliar a progressão do seu estado clínico
   • Conectividade ao cobas IT 1000, o sistema de gestão de dados/informação passível de ser acedido à distância, que permite a configuração remota e a sua integração no sistema de garantia de qualidade do laboratório. Com o cobas IT 1000 é possível integrar os resultados obtidos, no sistema LIS/HIS 
   • Os resultados podem também ser impressos em papel

 

Vantagens do Produto

Resultados rápidos

O cobas h 232 permite resultados de teste num intervalo máximo de 15 minutos. Está pronto a usar, contribuindo para simplificar a eleição do tratamento apropriado, na presença do doente, seja o seu encaminhamento imediato ou a indicação para a realização de outros exames complementares.

Elevada correlação com os métodos laboratoriais

O sistema cobas h 232 é fiável e permite resultados que são comparáveis aos métodos laboratoriais Roche, usando tiras-teste Roche CARDIAC, cujos estudos provaram o elevado nível de concordância com os resultados laboratoriais.

Versátil e adaptável ao fluxo de trabalho

O cobas h 232 é livre de manutenção e com calibração automática. É portátil e fácil de utilizar, através de um ecrã com instruções de uso intuitivas.
Permite uma aplicação versátil (seja nas urgências, em consulta hospitalar ou em ambulatório) que se adapta ao fluxo de trabalho e apenas requer uma pequena amostra de sangue para realizar o teste.

Melhor relação custo-eficiência

Perante recursos limitados, o cobas h 232 permite resultados num curto espaço de tempo, de modo que, em combinação com os protocolos de decisão apropriados, minimiza o número e a extensão do internamento e, consequentemente, os custos que lhes são inerentes.
O facto de as tiras de teste serem isoladas em detrimento de um painel de multi-marcadores, torna-o mais económico e permite a selecção dos testes relevantes para cada quadro clínico em particular.

Dois tipos de controlos de qualidade (CQ) de fácil utilização

Do CARDIAC ICQ constam duas tiras reactivas com uma prova de controlo de qualidade cada uma, reutilizáveis para comprovar o sistema de leitura óptica.
O CARDIAC de controlo de Troponina T, CK-MB, D-dímero e NT-pro BNP comprova o funcionamento do sistema, mediante material de controlo liofilizado.

 

Especificações Técnicas

Temperatura:

18-32° C

Humidade

10-85%

Altitude máxima

4.000m

Posição

Operar enquanto o aparelho esteja numa superfície nivelada e sem vibrações

Intervalo de medição

Depende do parâmetro em teste

Memória

500 resultados de teste com dados sobre data, hora e comentários
200 chips de código (100 testes + 100 CQ)

Interface

Interface de infravermelhos, LED/IRED Class 1

Pilhas

AA – bateria recarregável

Principal fonte de alimentação

Adaptador: Input: 100-240 V / 50-60Hz /400 mA, Output: 7.5 V DC / 1.7 A

Número de testes com a bateria totalmente carregada

Aprox. 10 testes

Classe de segurança

III

Desliga automaticamente

Programável 1 - 60 minutos

Dimensões

275 x 102 x 55 mm

Peso Aproximado

650g incluindo as pilhas e o scanner

Tipo de Amostra

Sangue venoso total heparinisado

Tamanho da amostra

150 µL

Interacções

Ver folheto informativo incluso na caixa de tiras-teste

 

Príncipio de Detecção

O teste contém um anticorpo monoclonal e outro policlonal contra epítopos da molécula de que se pretende determinar (Troponina T, Mioglobina, CK-MB, D-D ou NT-proBNP), um marcado a ouro e o outro biotinilado. Os anticorpos formam um complexo em “sanduíche” com o marcador cardiovascular presente no sangue. Após a remoção dos eritrócitos da amostra, o plasma passa através da zona de detecção, onde se acumulam os complexos em “sanduíche” marcados a ouro e aparece o sinal positivo sob a forma de uma linha avermelhada (a linha de sinal). Os anticorpos marcados a ouro excedentários acumulam-se ao longo da linha de controlo, indicando que o teste foi válido. A intensidade da linha de sinal aumenta proporcionalmente à concentração do marcador a determinar. O sistema óptico do aparelho cobas h 232 detecta as duas linhas e mede a intensidade da linha de sinal. O software integrado do sistema converte a intensidade do sinal num valor quantitativo e apresenta-o no visor 

 

Limites de detecção

Parâmetro Intervalo de medição
Troponina T 0.03-2 ng/mL (quantificável ente 0.1-2 ng/mL
CK-MB 1.0-40 ng/mL
Mioglobina 30-700 ng/mL
D-dímero 0.1-4.0 ug/mL
NT-proBNP 60-3000 pg/mL

 

O teste contém um anticorpo monoclonal e outro policlonal contra epítopos da molécula de que se pretende determinar (Troponina T, Mioglobina, CK-MB, D-D ou NT-proBNP), um marcado a ouro e o outro biotinilado. Os anticorpos formam um complexo em “sanduíche” com o marcador cardiovascular presente no sangue. Após a remoção dos eritrócitos da amostra, o plasma passa através da zona de detecção, onde se acumulam os complexos em “sanduíche” marcados a ouro e aparece o sinal positivo sob a forma de uma linha avermelhada (a linha de sinal). Os anticorpos marcados a ouro excedentários acumulam-se ao longo da linha de controlo, indicando que o teste foi válido. A intensidade da linha de sinal aumenta proporcionalmente à concentração do marcador a determinar. O sistema óptico do aparelho cobas h 232 detecta as duas linhas e mede a intensidade da linha de sinal. O software integrado do sistema converte a intensidade do sinal num valor quantitativo e apresenta-o no visor.

Zona de teste

Avaliada pelo aparelho através da câmara

Zona de aplicação

A amostra é aplicada nesta zona após a introdução da tira teste no aparelho

Código de barras

Possibilita a atribuição de um chip de código a um aparelho e a leitura automática (pelo leitor de códigos de barras no guia de tiras teste) do mesmo ao ser introduzido

 

Manuseamento

Antes da realização de um teste é necessário reunir: 
   • Aparelho cobas h 232 
   • Tiras teste para os testes desejados, com o chip de código fornecido 
   • Pipetas Roche CARDIAC (ou pipetas com um volume de pipetagem de 150 µL)
   • Tubo de colheita heparinizado ou seringa heparinizada

 

Conectividade

Utilizando o sistema informático para gestão de aparelhos Point-of-Care, cobas IT 1000, instalado num servidor de rede, é possível integrar os resultados obtidos no sistema informático do laboratório.
Esta vertente efectua-se através da ligação do aparelho a um interface de comunicação que carrega os dados do doente e operador e recolhe os valores dos parâmetros determinados.
O cobas IT 1000, da Roche, representa uma gestão mais eficiente do programa de teste em Point-of-Care e a informação referente aos mesmos. 

Garante o cumprimento dos regulamentos

O cobas IT 1000 é um sistema que permite a ligação com aparelhos Roche e aparelhos de terceiros. Gere os dados referentes a testes em doentes e controlos de qualidade, de todos os dispositivos Point-of-Care, através desta solução de gestão de dados.

Melhora a flexibilidade

Independentemente do local – quer seja no trabalho, quer no computador pessoal – gere o programa de testes em Point-of-Care e fornece o suporte imediato via Internet.

Facilita o trabalho do dia-a-dia

Agiliza o fluxo de trabalho com perfis que venham ao encontro das necessidades de cada unidade. 
A solução cobas IT 1000 aumenta a operacionalidade da equipa de médicos, enfermeiros e técnicos de saúde.

A integração dos resultados dos aparelhos de testes rápidos no sistema do laboratório permite que estes resultados venham a ser apresentados juntamente com os outros parâmetros medidos no laboratório, no mesmo relatório-clínico.

Aumenta o tempo para o cuidado com o doente

Permite ao profissional de saúde gastar menos tempo a reportar e documentar os dados dos dispositivos Point-of-Care e investir mais tempo no cuidado com o doente. Tendo o histórico clínico completo, é possível um melhor apoio das decisões terapêuticas.

Simplifica a gestão do controlo de qualidade

Após a inserção das configurações de controlo de qualidade (CQ) referente aos dispositivos Point-of-Care, a solução cobas IT 1000 fará o resto, inclusivamente os relatórios de CQ.

Para mais detalhes, contacte o serviço de Assistência a Clientes através do 800 200 265.

Características adicionais:
- Possibilidade de importar e exportar dados em diversos formatos
- Controlos de qualidade de entrada de resultados automatizados ou manuais
- Capacidade de trabalhar em rede com diversos pontos do hospital
- Assente numa plataforma web
- Ligação a aparelhos Roche e de terceiros
- Interface unidireccional e bidireccional de ligação com o Sistema de Informação Laboratorial
- Sistema de avisos e alertas definidos pelo utilizador 

 

Mais informação

   • Monofolha cobas h 232
   • Doenças Cardiovasculares
   • NT-proBNP