Diabetes FAQ - Roche Portugal

Diabetes FAQ

Saiba mais em www.accu-chek.pt 

QUESTÕES GERAIS

QUESTÕES SOBRE VALORES

OUTRAS QUESTÕES

SISTEMAS DE PUNÇÃO CAPILAR

SOFTWARE

BOMBAS DE INSULINA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O que é a Diabetes?
A Diabetes Mellitus é uma doença crónica caracterizada por hiperglicemia crónica resultante da deficiência de secreção de insulina, da acção da insulina ou de ambas. Existem diversos tipos de Diabetes, sendo os mais característicos a Diabetes Tipo I (também conhecida por insulino-dependente e diagnosticada em crianças/adolescentes), a Diabetes Tipo II (diagnosticada na idade adulta e muitas vezes associada a obesidade, sedentarismo e hábitos alimentares incorrectos) e a Diabetes gestacional (que surge durante a gravidez).

O que é o Accu-Chek Aviva/Compact Plus? O que é um medidor de glicemia?
O Accu-Chek Aviva/ Compact Plus é um aparelho medidor de glicemia. O medidor de glicemia é um aparelho que consegue medir a quantidade de açúcar que está no sangue (glicemia). Para isso, faz-se uma pequena picada de modo a formar uma gota de sangue e encosta-se esta gota à tira-teste que se introduziu previamente no aparelho (Ac. Aviva) ou que está no rolo que se insere no medidor (Ac. Compact Plus.)

Como sei se introduzi a tira-teste correctamente?
Accu-Chek Sensor
Quando introduzir a tira-teste no aparelho, e se estiver operacional, o ecrã do aparelho mostra uma tira-teste com uma gota de sangue. O aparelho está pronto a realizar a prova.

Accu-Chek Compact Plus
Este aparelho é constituído por um rolo com 17 tiras-teste. Para trocá-lo deve desligar o aparelho, abrir o compartimento do rolo de tiras-teste e trocar os rolos. Se tudo estiver operacional, na janela de controlo na parte posterior do aparelho aparece um ponto, que indica que acabou de introduzir um rolo de tiras-teste.

Accu-Chek Aviva
Introduzir a tira-teste no aparelho na direcção da seta. O aparelho liga automaticamente.

Qual a melhor forma para aplicar uma gota de sangue na tira?
Accu-Chek Sensor:
Após picar o dedo, espere que apareça o símbolo de tira com gota de sangue intermitente no ecrã do aparelho. Aplique a gota de sangue na extremidade da tira dentro da curva. A tira absorve o sangue e o aparelho emite um sinal sonoro.
Importante:
Se a zona amarela da tira não estiver toda coberta de sangue, deverá aplicar nos 15 segundos seguintes uma segunda gota de sangue.

Accu-Chek Compact/Compact Plus:
Após picar o dedo, espere que apareça o símbolo de tira com gota de sangue no ecrã do aparelho.
Segure o aparelho de modo a que a tira-teste esteja virada para baixo.
Toque com a gota de sangue na extremidade da tira-teste.
A tira absorve o sangue e o aparelho emite um sinal sonoro.

Accu-Chek Aviva
Quando o símbolo da gota de sangue piscar, colha uma gota de sangue. Encoste a gota ao bordo dianteiro da janela amarela da tira-teste. Não coloque sangue em cima da tira-teste.

Como sei se a tira contém quantidade suficiente de sangue?
Accu-Chek Sensor:

Tente formar uma boa gota de sangue antes de encostar o dedo à tira. A zona a amarelo da tira necessita de estar totalmente coberta de sangue. Para além disso, se a quantidade de sangue não for a suficiente, pode aparecer no ecrã a palavra ERROR com o símbolo da tira.

Accu-Chek Compact/Compact Plus:
Se a quantidade de sangue não for a suficiente aparece no ecrã ERROR 000.

Accu-Chek Aviva
Se após a aplicação do sangue, aparecer um símbolo da gota a piscar, isso indica que o sangue não é suficiente. Pode aplicar mais sangue na mesma tira nos 5 segundos imediatos. Quando o ? começar a piscar, isso indica que já há sangue suficiente na tira-teste.

Como devo guardar o aparelho?
Accu-Chek Sensor
Não deixe acumular pó no medidor. Nunca exponha o aparelho a temperatura e humidades extremas e manuseie-o com cuidado.

Accu-Chek Compact/ Compact Plus:
Sem pilhas e sem rolo de tiras-teste, pode ser armazenado entre -25 e 70 ºC. Com pilhas e rolo de tiras-teste entre 2 e 30ºC. No entanto, para se efectuar testes de glicemia, o intervalo permitido é entre 10 e 40ºC. Mantenha o aparelho a uma humidade relativa entre 20 e 85%.

Accu-Chek Aviva:
O aparelho deve ser guardado entre os ? 25 ºC a 70º C e as tiras-teste entre 2 a 32ºC. O intervalo de humidade relativa para funcionamento é entre os 10 e os 90%

Para todos os aparelhos:
Nunca exponha o aparelho a elevadas temperaturas e nunca tente acelerar o processo de aquecimento ou arrefecimento do aparelho. Deve evitar guardar o aparelho junto a campos electromagnéticos (ou seja, perto de telemóveis, fornos microondas, etc.) e manter o aparelho longe de fontes luminosas fortes.

Como devo guardar as tiras-teste? As tiras-teste não devem conservar-se em condições de frio e calor extremo, ou seja, não se devem guardar na cozinha ou na casa de banho, sendo o local adequado o quarto. O frasco com as tiras deve estar sempre encerrado, pois contém um agente exsicante que deixa de funcionar se exposto ao ar.

Accu-Chek Aviva:
Conservar as tiras-testes no tubo de origem entre 2º C a 32º C. Não Congelar.

Quando devo realizar o teste de controlo de qualidade?
Quando se inicia um novo rolo ou tubo de tiras-teste.
Quando o tubo de tiras ficou aberto (se aplicável).
Quando trocar as pilhas.
Se no ecrã do equipamento mostra CTRL (se aplicável).
Quando limpar o equipamento.
Se o resultado do teste não estiver de acordo com o que sente.
Se o aparelho caiu.

Como codifico o equipamento?
Accu-Chek Sensor:
Certifique-se que o código de três dígitos impresso no chip coincide com o código impresso na etiqueta da caixa com as tiras-teste.
Desligue o aparelho.
Introduza o chip codificador do novo pacote de tiras.
Ao ligar o medidor, aparecerá no ecrã o código das tiras-teste.

Accu-Chek Compact/Compact Plus:
A codificação é automática.

Accu-Chek Aviva:
Introduza o chip codificador do novo pacote de tiras, na ranhura lateral do aparelho, com o código virado para baixo. Ao ligar o medidor, aparecerá no ecrã o código das tiras-teste

O que acontece se utilizar tiras com o prazo de validade expirado?
Accu-Chek Sensor: 
Os resultados do controlo da glicemia não estão dentro do intervalo aceitável.

Accu-Chek Compact/Compact Plus:Os resultados do controlo da glicemia não estão dentro do intervalo aceitável.
Aparece uma mensagem no ecrã com um tambor e 24-12.

Accu-Chek Aviva:
No último mês do prazo de validade das tiras, o aparelho continuará a fazer a leitura, com o aviso de ?Code exp? na parte inferior do ecrã. Se as tiras não estiverem dentro da validade, o aparelho não efectua o ensaio e aparecerá o aviso de ?Err. Code exp? no ecrã.

 

 

Faço medições no vosso aparelho e noutro que tenho que não é do vosso laboratório e os valores são sempre diferentes. Num dá 100, no outro dá 120. Em qual devo acreditar?
Os aparelhos de glicemia têm métodos de leitura diferentes, pelo que é normal que haja uma ligeira variação de valores. Os profissionais de saúde (médicos e enfermeiros) especialistas em diabetes recomendam que para o controlo dos seus valores de glicemia se utilize sempre o mesmo aparelho. No entanto, sempre que a diferença apresentada for muito grande ou o valor apresentado for estranho para si ou não corresponder aos seus sintomas, deve falar com o seu médico.

Os resultados que o vosso dá são diferentes que dá no laboratório. O que faço?
Os nossos aparelhos são calibrados com base nos resultados de laboratório, com uma margem de diferença de 10% para cada lado.
Os métodos de leitura são diferentes e a glicemia é um parâmetro/valor que varia bastante ao longo do dia (mesmo em minutos podemos verificar essas diferenças), podendo sofrer uma interferência de várias substâncias.
Para fazer uma comparação entre os dois testes, deveriam ser realizados ao mesmo tempo, com o mesmo sangue (gota) e mesmo respeitando esta regra os valores podem não dar um resultado exactamente igual (pode obter uma diferença entre os valores até +/- 10%). Caso o sangue que está a utilizar para amostra seja venoso, poderá fazer a comparação com o nosso aparelho Accu-Chek Sensor que permite utilizar este tipo de sangue. O Ac. Compact Plus e o Ac. Aviva utilizam apenas sangue capilar. Ter também em atenção que, se fizer a medição com o Sensor, Compact ou Compact Plus, o valor também pode apresentar diferenças pelo facto de não estar ajustado para plasma. O Accu-Chek Aviva já apresenta os valores correspondentes à medição em plasma.

Fiz a medição da diabetes e deu-me um valor. Dois minutos depois fiz outra vez e dá outro valor, cerca de 40 valores de diferença. Isto está certo? Posso confiar no aparelho?
A glicemia é um parâmetro bastante variável, é natural que possa obter valores diferentes. O simples facto de ser outra gota de sangue já permite que o valor seja outro.
Recolher mais informações antes de responder (questões direccionadas à higiene, se tinha as mãos bem lavadas, se utilizou algum creme ou mexeu noutro tipo de produtos, etc.)
Questões como mudar de dedo ou mesmo usar uma gota da picada anterior (uma ferida aberta por muito pequena que seja, ao fim de algum tempo, activa o processo de coagulação do sangue) pode promover resultados diferentes. O resultado de glicemia é um valor daquele momento exacto.
Um profissional de saúde é a pessoa indicada para lhe detalhar estas diferenças e explicar como deve valorizar os diferentes valores que obtém.

Qual o intervalo de glicemia considerado normal?
O intervalo de glicemia considerado normal para uma pessoa que não tenha Diabetes é de 74 a 106 mg/ dL.
Se a medição for efectuada no Ac. Sensor, Compact ou Compact Plus, esse valor de referência passa para 65-95 mg/dL (medição em sangue total).
Para uma pessoa com diabetes, o intervalo de glicemia ?normal? ou tido como ideal deve sempre ser dado pelo médico/enfermeiro que o acompanha, porque depende de pessoa para pessoa. 

Os medidores da Roche fazem a medição em Plasma ou em Sangue total? Qual a diferença?
O Accu-Chek Sensor e Accu-Chek Compact e Compact Plus medem em Sangue total. O Accu-Chek Aviva apresenta os resultados em Plasma.
Todos os medidores de glicemia para auto-monitorização fazem a medição em sangue total. No entanto, alguns convertem o resultado através de uma fórmula, como se a medição tivesse sido efectuada em Plasma. É o caso do Accu-Chek Aviva. A diferença entre estes valores, de acordo com uma avaliação científica efectuada pela Roche é:
Resultado Plasma - 1,104
Resultado Sg Total - 4,5 mg/dl
O que pode originar uma variação de cerca de 10%

Como converto os resultados de mg/dL em mmol/L?
X mmol/L * 18,3 = Y mg/dL

Qual a diferença entre HbA1c e valores de glicemia? 
A glicemia é o valor da glucose que se obtém da decomposição dos hidratos de carbono. É o resultado instantâneo dos níveis actuais de açúcar no sangue.
O teste HbA1c (Hemoglobina glicosilada) mostra os níveis de glucose no sangue durante um período de tempo maior ou seja mostra o controlo de um paciente durante uma série de semanas ou meses.
Nota: A hemoglobina é uma molécula que está dentro dos glóbulos vermelhos que são as células do sangue responsáveis por levar o oxigénio dos pulmões para o resto do corpo. A hemoglobina pode ligar-se ao açúcar (glucose). Assim, quanto maior o açúcar no sangue (glicemia), mais açúcar se liga à hemoglobina. Enquanto que o açúcar que circula no sangue pode variar muito ao longo do tempo, a hemoglobina que se ligou ao açúcar mantém-se durante 3 meses. Isto significa que o exame da hemoglobina glicosilada mostrará como foi o controle médio da glicemia nos últimos três meses.
Uma pessoa que não é diabética tem cerca de 5% de hemoglobina glicosilada. Mais uma vez, o valor de referência para uma pessoa com diabetes, deve ser dado pelo médico.

Faço diálise peritoneal, posso efectuar medições com o vosso aparelho?
Os doentes em diálise peritoneal com soluções que contenham Icodextrina (p. ex., Extraneal , Icodial ) podem utilizar as tiras Accu-Chek Aviva e Accu-Chek Compact e os respectivos medidores.

O que é a Diabetes Gestacional?
É a diabetes que ocorre durante a gravidez. Esta forma de diabetes surge em grávidas que não eram diabéticas antes da gravidez e habitualmente desaparece quando esta termina.
A Diabetes Gestacional ocorre em cerca de 1 em cada 20 grávidas.
Quase metade destas grávidas diabéticas virá a ser mais tarde diabéticas do tipo 2, se não forem tomadas medidas de prevenção.

 Pode utilizar-se o sistema de Punção em mais de uma pessoa?
A Roche possui Sistemas de Punção Capilar para Profissionais (Softclix Pro e Safe T Pro Plus) e para o utilizador individual (Softclix e Multiclix).
Os SPC Profissionais não permitem a reutilização da lanceta, pelo que podem ser utilizados em mais do que uma pessoa.
Os SPC não Profissionais foram desenvolvidos para serem utilizados por uma única pessoa. Se for utilizado por mais do que uma, existe risco de infecção.

Pode utilizar-se o sistema de Punção para realizar análises em lugares alternativos? (SPC não profissionais)
Sim, pode utilizar-se, mediante a colocação de uma tampa AST apropriada. No entanto, deverá sempre consultar o seu médico antes, questionando se este modo de recolha de amostra é adequado para si. Não utilizar a ponta AST na polpa do dedo.

Em que locais posso obter uma gota de sangue em alternativa?
Pode obter na palma da mão, antebraço, parte superior do braço, barriga da perna, polegar, hipotenar (parte com mais ?carne? na palma da mão). No entanto, deverá sempre consultar o seu médico questionando se o modo de recolha de amostra é adequado para si.

Os valores nos locais alternativos de picada são idênticos aos da polpa do dedo?
O sangue capilar da ponta do dedo responde mais rapidamente a alterações dos níveis de glicemia do que o sangue em locais alternativos. Deste modo, os valores podem ser um pouco diferentes. Deve por isso consultar o seu médico, questionando se este modo de recolha de amostra é adequado para si.

Quando é que posso colher sangue de locais alternativos?
Em jejum, imediatamente antes das refeições e antes de se deitar. No entanto, deve perguntar ao seu médico se o método de recolha da amostra de sangue é adequado para si.

Em que condições não se pode colher sangue de locais alternativos?
Nas duas horas posteriores a uma refeição, quando os níveis de açúcar no sangue alteram rapidamente; após uma actividade desportiva; durante uma doença; se se suspeitar de hipoglicemia; se o doente por vezes não reconhecer hipoglicemia; durante o pico de insulina basal; durante as duas horas posteriores a uma injecção de insulina de curta acção e se o seu médico não o recomendar.

Posso trocar a lanceta com o Sistema de Punção quando este está carregado? (apenas Softclix)
Sim, se no sistema não estiverem introduzidas lancetas.
Mas, por motivos de segurança, é recomendado trocar a lanceta com o sistema descarregado. Se mantiver o Sistema de Punção carregado, as peças podem deformar-se devido à tensão.

Posso utilizar as lancetas mais do que uma vez? (SPC não profissionais)
O recomendável seria que utilizasse uma lanceta estéril cada vez que fizer um teste. As lancetas têm uma forma e revestimento especiais que facilitam a picada e minimizam a dor. Estas características alteram-se com a utilização. Por isso e também por razões de higiene, não se aconselha a utilização repetida da mesma lanceta. A quantidade de medições por dia influencia ainda mais estas alterações: uma lanceta não utilizada durante algum tempo, acumula sujidades. Aconselha-se a mudança diária ou de dois em dois dias sempre que possível.

O que acontece se utilizar lancetas com o prazo de validade expirado?
O uso de lancetas fora do prazo de validade pode causar infecções, pois deixam de ser estéreis. Garante-se que as lancetas são estéreis durante 4 anos.

Qual a melhor forma de guardar lancetas?
Mantê-las em lugar limpo e afastadas de temperaturas extremas.

Qual o modo correcto de limpar o Sistema de Punção? (não aplicável para Safe-T-Pro-Plus)
O sistema de punção só deve limpar-se por fora, com uma frequência semanal.
Para tal, utilize um tecido embebido em isopropanol ou etanol a 70% (pode adquirir-se na farmácia).
O interior da tampa pode ser limpo com um algodão embebido em isopropanol ou etanol a 70%.
Não submerja o Sistema de Punção Capilar em nenhum líquido.
Não limpe as lancetas.

 

 

Qual o nível de profundidade da lanceta que devo utilizar?
Quanto menos espessa e sensível for a pele, menor o nível de profundidade.
Quanto mais sangue necessitar, maior deverá ser o nível de profundidade.
É recomendado que se teste a primeira vez com um nível baixo, passando para um nível superior até ter o volume de sangue necessário.

Que fazer para evitar que a amostra de sangue seja demasiado pequena?
Aqueça aos dedos para melhorar o fluxo sanguíneo.
Leve as mãos até abaixo da cintura e massage o dedo em que irá dar a picada.
Pressione o sistema de punção no dedo com firmeza.
Depois da picada, massage o dedo até formar uma gota de sangue.

Não consigo tirar sangue.
O nível de profundidade pode não ser o suficiente para a sua pele.
Deve pressionar o sistema de punção firmemente contra a pele.
Verifique se a lanceta está inserida no Sistema de Punção.
Nem sempre o sangue aparece imediatamente após a punção. Massage o dedo para que o sangue flua melhor.

É correcto desperdiçar a primeira gota de sangue?
Não, pois não existem diferenças significativas nos níveis de glucose medidos na primeira ou na segunda gotas.

Como eliminar as lancetas usadas?
Para as lancetas Softclix, deve retirá-las com muito cuidado, perto do recipiente para resíduos (colocá-las dentro de uma recipiente imperfurável).
Nas lancetas Multiclix, os cartuchos de lancetas usados têm integrado um mecanismo de segurança que elimina o risco de infecção e podem ser eliminados nos resíduos domésticos.
Para as lancetas Softclix Pro, deve ser pressionado o botão posterior e a lanceta é eliminada/descartada automaticamente para o recipiente de resíduos (colocá-las dentro de um recipiente imperfurável).
As lancetas Safe?t-Pro-Plus são descartáveis (deverão ser colocadas dentro de um recipiente imperfurável).

 

 

O que é o Accu-Chek Compass?
Trata-se de um software para o controlo da diabetes fácil de utilizar e que permite a transferências dos dados do seu aparelho de medição da glicemia para um computador.

É compatível com o meu aparelho de medição da glicemia?
O Accu-Chek Compass é compatível com todos os aparelhos Accu-chek.

Quais as vantagens de utilizar Accu-Chek Compass?
Este software permite um controlo dos níveis de glicemia com a periodicidade que preferir (diária, mensal, a seguir à refeição).
Permite ainda visualizar graficamente toda a informação, contribuindo para uma melhor interpretação do seu perfil de glicemia.
Pode imprimir todos os dados e partilhá-los com o seu médico.

Requisitos mínimos do PC para utilizar o software Accu-Chek Compass?
Os requisitos mínimos são:
- Porta de série com RS232 de 9 pinos;
- Cabo de comunicação;
- Sistemas operativos: Windows 95, 98, NT 4.0, ME, 2000 ou XP;
- Unidade de CD-Rom;
- Processador 486-66;
- Espaço livre mínimo no disco duro de 50 Mb;
- 32 Mb mínimos de RAM;
- Placa gráfica que suporte 256 cores e uma resolução de 800 x 600;
- Rato.

O que é o Accu-Chek Smart Printer?
É um sistema que permite a transferência dos dados do seu aparelho de medição da glicemia e a impressão dos mesmo em tabelas, gráficos ou estatisticamente.
O Accu-chek Smart printer é destinado aos profissionais.

Instalação do Accu-Chek Smart Printer.
A instalação é efectuada pela equipa da Roche nas instalações do cliente.

O que é o Accu-Chek Smart Pix?
O Accu-Chek Smart Pix é um sistema de recolha e tratamento de dados que transporta os dados dos medidores de glicemia Accu-Chek e da bomba infusora de insulina Accu-Chek através de infra-vermelhos, permitindo a sua visualização gráfica no ecrã do seu computador. Podem também ser impressos ou enviados por e-mail.

Preciso de instalar algum software no meu computador?
Não, o Accu-Chek Smart Pix liga-se ao seu computador através de uma porta USB (tal como uma pen) e abre de imediato uma janela que permite a visualização dos dados.

O Accu-Chek Smart Pix é para os profissionais de saúde ou para os Doentes?
O Accu-Chek Smart-Pix pode ser utilizado quer por Profissionais de Saúde, quer por Pessoas com Diabetes. Ambos podem ler e analisar os dados e imprimir ou enviar por e-mail. A sua utilização é fácil e não exige muitos conhecimentos de informática.

O Accu-Chek Smart Pix transporta dados a partir de que aparelhos?
Accu-Chek Aviva, Accu-Chek Compact, Accu-Chek Comapct Plus, Accu-Chek Sensor e Accu-Chek Spirit.

Como posso adquirir um Accu-Chek Smart Pix?
Pode adquirir um Accu-Chek Smart Pix directamente à Roche.

 

 

Quais os benefícios de utilizar uma bomba de insulina?
A bomba de insulina imita a forma como o pâncreas liberta a insulina nos indivíduos não diabéticos. Administra quantidades de insulina rápida, de forma contínua ao longo do dia. Quando se alimentar, a bomba fornece a quantidade de insulina necessária para degradar esses alimentos. Quando a dose basal está correctamente ajustada, os níveis de açúcar no sangue estabilizam durante horas.

A partir de que idade se pode utilizar as bombas de insulina?
Quanto mais cedo iniciar terapêutica com bomba de insulina, menores serão os riscos de desenvolver as complicações tardias da diabetes.
Esta terapêutica tem sido utilizada com sucesso a partir dos 5-6 meses de idade.
A terapêutica com bomba de insulina não é uma questão de idade, mas de motivação.

Em que sítio do corpo se coloca?
Toda a região abdominal frontal é a ideal, pois é onde a insulina é mais rapidamente absorvida.

Qual o primeiro passo para colocar uma bomba infusora de insulina?
Entre em contacto com o seu médico, ele será a pessoa mais qualificada para decidir se a bomba de insulina é a terapêutica mais indicada para si. A bomba de insulina só pode ser colocada mediante prescrição médica.

Como posso adquirir uma bomba de insulina?
Pode adquirir a bomba infusora directamente à Roche, assim como os kits com os conjuntos de infusão.

Quanto custa uma bomba de insulina?
Consulte a lista de preços dos sistemas de infusão. Existem condições especiais para aquisições em maior quantidade.

Preciso de dormir com a bomba?
Sim, a bomba infusora deve ser utilizada durante as 24 horas do dia. Só deverá retirá-la por breves períodos quando estiver em contacto com água (no banho ou na praia, por exemplo).

A bomba de insulina mede as glicemias automaticamente e administra insulina automaticamente segundo essa leitura?
Não, a bomba infusora de insulina ainda não é o que se chama um "sistema fechado?, que administra insulina de forma automática, dependendo dos resultados dos medidores de glicemia. Um sistema com essas características ainda não existe.
A bomba infusora de insulina apenas administra de forma automática a dose basal de insulina, mediante quantidades programadas. Os bólus necessários às refeições e quando as glicemias estão elevadas são administradas pelo próprio diabético.

A bomba de insulina faz com que não seja necessário medir as glicemias?
Não, para que todo este sistema funcione bem é necessário que faça o controlo das suas glicemias regularmente, como fazia com a terapêutica convencional com canetas de insulina.
Deve medir a sua glicemia pelo menos 4 vezes por dia e, uma vez por mês, a meio da noite, para avaliar as glicemias nocturnas.

De quanto em quanto tempo se mudam os conjuntos de infusão?
Os conjuntos de infusão de teflon, ?Tender? e ?Ultraflex?, são substituídos de 3 em 3 ou de 4 em 4 dias no máximo. Os conjuntos de infusão de aço são substituídos de 2 em 2 dias.
Esta substituição é efectuada para evitar entupimentos e problemas de funcionamento na bomba infusora.
Quando se substitui um conjunto de infusão por um novo, deve-se escolher um local de infusão noutra zona do abdómen para evitar infecções e lipodistrofias.

Onde posso ver a bomba e obter uma explicação?
Pode marcar uma demonstração e explicação detalhada de todo o equipamento com o Especialista de Produto de Sistemas de Infusão.

Qual a garantia?
O H-TRONplus tem a garantia de 2 anos, que é o tempo de vida útil da bomba. O Accu-Chek Spirt tema garantia de 4 anos, sendo o tempo de vida útil da bomba de 6 anos.

Como funciona a bomba de insulina?
A bomba de insulina imita a forma como o pâncreas liberta a insulina nos indivíduos não diabéticos. Administra uma pequena quantidade de insulina rápida de forma contínua ao longo do dia (basal). Quando a dose basal está correctamente ajustada, os níveis de açúcar no sangue estabilizam durante horas sem haver a necessidade de ingestão de alimentos.
Quando quiser comer, pode através da bomba infusora receber a insulina necessária para degradar esses alimentos (bólus).

Posso colocar o recibo no IRS?
Os kits mensais sim, pois têm um IVA de 5%. A bomba de insulina por ter um IVA de 20% tem de ser acompanhada de uma prescrição médica.

A bomba funciona com qualquer tipo de insulina?
Não, a bomba infusora de insulina apenas utiliza insulina rápida (Regular, Actrapid) ou ultra rápida (Humalog, Aspart).

Os telemóveis, raios X, TACS ou equipamentos de ressonância magnética afectam o funcionamento da bomba de insulina?
Não se pode excluir completamente a possibilidade do telemóvel interferir no normal funcionamento da bomba de insulina. Por segurança, deve transportar o telemóvel a pelo menos 10 cm da bomba.
Caso haja interferências a bomba pára imediatamente a administração de insulina e aparece um alarme de ?falha electrónica?.
A bomba tem uma protecção contra raios electromagnéticos, mas como todos os equipamentos médicos deve-se evitar a aproximação a raios X, TACS e R. Magnética. Retire a bomba antes de se aproximar dessas radiações.
Os sistemas de segurança dos aeroportos não afectam o funcionamento da bomba de insulina.

Queria experimentar colocar uma bomba para ver se me adapto. É possível?
Sim, a Roche oferece um período experimental de um mês sem qualquer encargo, findo o qual terá de optar por adquirir a bomba infusora ou devolvê-la.

Como é que se liga a bomba de insulina ao corpo?
A bomba de insulina é ligada ao corpo por um cateter (tubo) muito fino de plástico.
É semelhante a um fio de headphones, mas mais fino e transparente, que pode ter entre 30 cm a 110 cm de comprimento.
Na extremidade do tubo existe a cânula, que é a parte que se introduz na pele e pode ser em teflon ou aço com comprimentos entre os 6 mm e os 17 mm.
Estes componentes chamam-se conjuntos de infusão e têm um sistema de click, que os torna fáceis de ligar e desligar da bomba de insulina, sempre que é necessário retirá-la (banhos, praia, etc.).

Como é estar permanentemente ligado a uma bomba? É doloroso?
Não é uma agulha que está permanentemente na pele, mas antes uma pequena cânula, que tanto pode ser de teflon como de aço. A cânula é inserida com uma agulha guia, que se retira após colocação na pele. Se o conjunto de infusão for bem colocado na pele, não o deverá sentir. Se o sentir ou o local da infusão ficar avermelhado ou irritado, significa que algo não está bem, devendo mudar de local.
Após alguns dias de adaptação, as pessoas referem que não se sente absolutamente nada, chegando por vezes a esquecer-se que estão a utilizar uma bomba de insulina.

Pode alternar-se entre a bomba de insulina e as injecções com canetas de insulina?
Sim, de facto pode alternar-se entre os dois sistemas em caso de necessidade (por ex. períodos de praia prolongados), apesar de que o ideal será manter a bomba permanentemente ligada, pois as glicemias seriam difíceis de controlar devido às variações da absorção das diferentes insulinas utilizadas com canetas.

Como se transporta a bomba?
Transporta-se da forma que for mais confortável para cada pessoa. As bombas infusoras podem ser transportadas numa bolsa em pele que se coloca no cinto (tipo telemóvel) ou numa bolsa de algodão que se coloca por baixo da roupa num cinto de algodão elástico, sendo estas duas opções as que compõem o kit inicial.
Existe também uma série de bolsas e estojos que poderá escolher para transportar a sua bomba infusora e que poderá adquirir separadamente.
Em alternativa às bolsas, pode colocar-se a bomba infusora no bolso das calças ou da camisa.

Qual o efeito das bombas de insulina na frequência dos episódios de hipoglicemia?
A terapêutica com bomba reduz significativamente os episódios de hipoglicemia, desde que a dose basal esteja correctamente programada para as suas necessidades individuais.
Efectivamente uma das desvantagens da terapêutica intensiva com caneta é a elevada incidência de hipoglicemias, particularmente à noite. Neste capítulo, a terapêutica com bomba infusora tem vantagens importantes.

Posso fazer desporto com a bomba de insulina?
Em princípio, quase todos os desportos podem ser feitos com a bomba de insulina colocada.
Recomenda-se que se retire a bomba temporariamente se o desporto envolver contacto físico violento.