Prémio Desafios em Anatomia Patológica

2.ª Edição Controlo Interno de Qualidade em Imuno-histoquímica

A Roche vai novamente atribuir um prémio a três trabalhos que abordem os Desafios em Anatomia Patológica no âmbito do Controlo Interno de Qualidade em Imuno-histoquímica.

A marcação por imuno-histoquímica é amplamente utilizada no diagnóstico e diferenciação do tipo histológico de neoplasias, facilitando o diagnóstico numa percentagem considerável de amostras. A evolução rápida da técnica aliada à sua crescente automação permitiu a expansão da sua utilização, mas permanecem desafios quanto à sua standardização e controlo de qualidade.

O objetivo da segunda edição do prémio Roche Desafios em Anatomia Patológica é contribuir para a reflexão acerca da  importância, dos desafios atuais e do futuro do Controlo de Qualidade em Imuno-histoquímica e seu impacto no laboratório e na qualidade clínica.

Os trabalhos a concurso devem indicar claramente os pontos de melhoria que os Profissionais de Saúde identificam na sua rotina e, perante essas necessidades, abordar que evoluções metodológicas poderão contribuir para a resolução destes desafios.

O prémio a atribuir terá os seguintes valores:

  • 1.º Classificado: 1.500 euros
  • 2.º Classificado: 1.000 euros
  • 3.º Classificado: 500 euros

As candidaturas deverão ser apresentadas até às 16h00 do dia 28 de fevereiro de 2017, por via electrónica para o endereço de e-mail desafiosemap@roche.com, respeitando o regulamento aqui publicado.

A decisão de atribuição dos prémios será feita por um Júri independente, constituído por cinco elementos, sendo comunicada aos candidatos até ao final do mês de junho de 2017.

Mais informação

Contacto
Regulamento