Júri independente escolhe melhores projetos em benefício dos doentes

Bolsas de Cidadania: Roche atribui bolsas no valor de 45 mil euros

  • image
  • image
  • image
  • image
  • image
  • image
  • image
  • image

A Roche Portugal atribui hoje, dia 17 de maio, cinco bolsas de financiamento, no valor de 45 mil euros, que pretendem viabilizar os melhores projetos desenvolvidos por Associações de Doentes ou outras Organizações Não Governamentais (ONG) que visem a promoção da saúde junto de doentes. Este ano foram distinguidas as associações:

  • Europacolon Portugal (Programa de Prevenção Escolar Alimentar) - visa promover hábitos alimentares saudáveis em crianças nos 5º e 6º ano de escolaridade e tem como missão prevenir precocemente o cancro do colorretal, bem como contribuir para o aumento de atitudes preventivas primárias em saúde;
  • Associação Portuguesa de Hemofilia (Capacitação de Pais e Crianças com Hemofilia) - realização de uma conferência de Pais de crianças com hemofilia com intuito formativo e de capacitação;
  • Associação Portuguesa de Leucemias e Linfomas (Avaliação da eficácia de um programa de intervenção psicológica e exercício físico em sobreviventes oncológicos e familiares/cuidadores) - o cancro gera inúmeras consequências físicas e psicológicas no doente e, desta forma, existe a necessidade de estudar a fase da sobrevivência. Este programa de intervenção tem como objetivo principal apoiar a nível psicológico e social os sobreviventes com doença hemato-oncológica e cancro da mama;
  • Associação de Familiares, Utentes e Amigos do Hospital Magalhães Lemos (Sábio Sabor) - um projeto social para integração de pessoas com doença mental numa situação de experiência de emprego na área da restauração e catering:
  • Associação Pata D’Açúcar (Projeto Pata D’Açúcar) - cães treinados para a deteção antecipada de baixas de glicose no sangue de doentes com diabetes tipo 1. No final de cada ano os dois cães treinados são cedidos à tutela, gratuitamente, de dois doentes diabéticos tipo 1.

Estes projetos têm em comum o facto de se destinarem a melhorar a qualidade de vida dos doentes e incentivar a sua participação ativa nos processos de decisão pública e cidadania. As Bolsas de Cidadania da Roche enquadram-se na Política de Responsabilidade Social da empresa e resultam do seu compromisso em assumir um papel ativo na sociedade apoiando, de forma transparente, iniciativas inovadoras e orientadas para a missão de suporte ao doente. Este é o terceiro ano em que a Roche atribui as Bolsas de Cidadania, somando assim um total de 135 mil euros para financiar 15 projetos.

Os vários projetos candidatos a estas bolsas foram avaliados por um júri independente e multidisciplinar constituído por Maria de Belém Roseira (ex-Ministra da Saúde), Sandra Moutinho (Jornalista da Lusa), Padre José Pereira de Almeida (Coordenador Nacional da Pastoral da Saúde), Henrique Luz Rodrigues (ex-Presidente do Infarmed), Andreia Silva (Direção Geral de Saúde) e Miguel Sanches (Diretor Médico da Roche), que escolheu os mais originais, mais focados na defesa dos direitos dos doentes e na promoção da saúde na comunidade.

Projetos Vencedores Edição 2016

ATTitude: Nutrição Oncológica

ACREDITAR: Dreaming with survivers

Liga de Amigos HPC: Coimbra Inclusiva 

AJDP: AJDP nas Escolas 

APCL: Website doenças hemato-oncológicas